Tempo di lettura: 15 minuti

Leia e ouça a Palavra de 15 de setembro de 2022

Bem-Aventurada Virgem Maria das Dores, Memorial

primeira leitura

Ele aprendeu a obediência e se tornou a causa da salvação eterno.

Da Carta aos Hebreus
Hb 5.7-9
 
Cristo, nei giorni della sua vita terrena, offrì preghiere e suppliche, con forti grida e lacrime, a Dio che poteva salvarlo da morte e, per il suo pieno abbandono a lui, venne esaudito.

Pur essendo Figlio, imparò l’obbedienza da ciò che patì e, reso perfetto, divenne causa di salvezza eterna per tutti coloro che gli obbediscono.

a palavra de Deus.
 

salmo responsorial
Do Sl 30 (31)

R. Salva-me, Senhor, pela tua misericórdia.

Em ti, Senhor, me refugiei,
Nunca ficarei desapontado;
defenda-me pela sua justiça.
Empreste seu ouvido para mim. R.
 
Venha rapidamente para me libertar.
Seja para mim uma rocha de refúgio,
um lugar fortificado que me salva.
Para meu penhasco e minha fortaleza você é,
pelo teu nome guia-me e guia-me. R.
 
Livra-me do laço que me armaram,
porque você é minha defesa.
A tuas mãos confio o meu espírito;
tu me redimiste, Senhor, Deus fiel. R.
 
Mas eu confio em ti, Senhor;
Eu digo: "Você é meu Deus,
meus dias estão em suas mãos."
Livra-me das mãos dos meus inimigos
e dos meus perseguidores. R.
 
Quão grande é a tua bondade, Senhor!
você o reserva para aqueles que o temem,
la dispensi, davanti ai figli dell’uomo,
para aqueles que se refugiam em ti. R.
 
SEQUÊNCIA [opcional]
[Doloroso, chorando [Stabat Mater dolorósa
a Mãe está junto à Cruz iuxta crucem lacrimósa,
da cui pende il Figlio.                                 dum pendebat fílius.

Imerso em angústia mortal Cuius ánimam geméntem,
geme no fundo do coração contristátam et doléntem
perfurado pela espada. pertransívit gladius.

Quão grande é a dor O quam tristis et afflícta
da bem-aventurada entre as mulheres, fuit illa benedicta
Mãe do Unigênito! Mater Unigeniti!

A compassiva Mãe chora Quae maerébat et dolébat,
contemplando as feridas pia Mater, dum vidébat
del divino suo Figlio.                                   Nati poenas íncliti!

Quem pode deixar de chorar Quis est homo, qui non fleret,
davanti alla Madre di Cristo                       Matrem Christi si vidéret
em tanto tormento? em tal apelo?

Quem não pode sentir dor Quis non posset contristari,
diante da Madre Christi Matrem contemplari
che porta la morte del Figlio?                   doléntem cum filio?

Pelos pecados de seu povo Pro peccátis suae gentis
ella vede Gesù nei tormenti                      vidit Iesum in torméntis
de dura tortura. et flagellis subditum.

Para nós ela vê morrer Vidit suum dulcem natum
il dolce suo Figlio,                                       moriéndo desolátum,
sozinho, na última hora. dum emisit spiritum.

O Madre, sorgente di amore,                    Eia Mater, fons amóris,
deixe-me viver seu martírio, me sinto vim doloris
me faça chorar suas lágrimas. fac, ut tecum lúgeam!

Faça meu coração queimar Fac, ut árdeat cor meum
nell’amare il Cristo-Dio,                            in amándo Christum Deum,
per essergli gradito.]                                  ut sibi compláceam.]

Por favor, Santa Mãe: Sancta Mater, istud agas,
estão impressos em meu coração crucifíxi fige plagas
le piaghe del tuo Figlio.                              cordi meo válide.

Junte-se a mim em sua dor Você nasceu vulnerável,
per il Figlio tuo divino                                  tam dignáti pro me pati,
que queria sofrer por mim. poenas mecum dividir.

Deixe-me chorar com você Fac me vere tecum flere,
il Cristo crocifisso                                        crucifíxo condolére
contanto que eu viva. donec ego vixero.

Fique sempre perto de você Iuxta crucem tecum stare
chorando debaixo da cruz: et me tibi sociáre
isso eu desejo. em planctu eu desejo.

Ó Virgem, santa entre as virgens, Virgo virginum praeclára,
não rejeite minha oração, mihi iam non sis amára:
e accogli il mio pianto di figlio.                   fac me tecum plángere.

Fammi portare la morte di Cristo,             Fac, ut portem Christi mortem,
participar de seus sofrimentos, passiónis fac consórtem,
adore suas santas chagas. et plagas recólere.

Feri meu coração com suas feridas, Fac me plagis vulnerári,
me aperte em sua cruz, me enfrente Cruce inebriári
me inebriar com seu sangue. et cruóre Fílii.

Em seu glorioso retorno Flammis ne urar succensus,
fica, ó Mãe, ao meu lado, por ti, Virgem, sim defensus
salva-me do abandono eterno. in die judicii.

O Cristo, nell’ora del mio passaggio        Christe, cum sit hinc exíre,
fa’ che, per mano a tua Madre,                   da per matrem me venire
Eu alcanço a meta gloriosa. ad palmam victoriae.

Quando a morte dissolve meu corpo Quando corpus moriétur,
abre-me, Senhor, as portas do céu, fac, ut animae donétur
receba-me em seu reino de glória. glória do paraíso.
 

aclamação do evangelho

Aleluia, aleluia.

Bem-aventurada Virgem Maria,
porque sem morrer mereceu, debaixo da cruz do Senhor,
a palma do martírio.

Aleluia.
 

Evangelho

Aqui está seu filho! Aqui está sua mãe!

La Parola del 15 settembre 2022
A Palavra de 15 de setembro de 2022 3

Do Evangelho segundo João
Jo 19:25-27

In quel tempo, stavano presso la croce di Gesù sua madre, la sorella di sua madre, Maria madre di Clèopa e Maria di Màgdala.
Gesù allora, vedendo la madre e accanto a lei il discepolo che egli amava, disse alla madre: «Donna, ecco tuo figlio!».

Então ele disse ao discípulo: "Aqui está sua mãe!"
E desde aquela hora o discípulo a recebeu com ele.

Palavra do Senhor.

Beato Guerrico d'Igny (ca 1080-1157)

abade cisterciense

Primeiro discurso para a Assunção; PL 185A, 187

"Aqui está sua mãe"

Maria ha generato un figlio; e come è l’unico Figlio del Padre nei cieli, così è l’unico figlio di sua madre sulla terra. (…)

Tuttavia questa unica madre vergine, che ha avuto la gloria di dare alla luce l’unico Figlio di Dio, abbraccia questo stesso Figlio in tutte le membra del suo Corpo e non si vergogna di essere chiamata madre di tutti coloro in cui riconosce il Cristo già formato o che sta per essere formato.

Eva, che ha lasciato in eredità ai suoi figli la condanna a morte prima ancora che nascessero, è stata chiamata “la madre dei viventi” (Gen 3,20). (…) Ma poiché non rispondeva al significato del suo nome, è Maria a renderne reale il mistero. Come la Chiesa di cui è simbolo, è la madre di tutti coloro che sono rinati alla vita.

È veramente la madre della Vita che dà vita a tutti gli uomini; e generandola ha in qualche modo rigenerato tutti coloro che ne avrebbero vissuto. Questa benedetta madre di Cristo, che sa di essere la madre dei cristiani a causa di questo mistero, si mostra anche come loro madre con la cura e l’affetto che dimostra loro.

Ela não é dura com eles, como se não fossem dela. Seu ventre, uma vez fecundado, mas não esgotado, não cessa de produzir frutos de bondade. "O fruto bendito do teu ventre" (Lc 1,42), doce mãe, deixou-te repleto de inesgotável bondade: nascido de ti uma vez, permanece em ti para sempre.

PALAVRAS DE PAI ABENÇOADO

Il tuo pianto, o Madre, smuova i nostri cuori induriti. Le lacrime che per noi hai versato facciano rifiorire questa valle che il nostro odio ha prosciugato. E mentre il rumore delle armi non tace, la tua preghiera ci disponga alla pace.

Que vossas mãos maternais acariciem os que sofrem e fogem sob o peso das bombas. Seu abraço maternal consola aqueles que são forçados a deixar suas casas e seu país. Que o vosso Coração aflito nos mova à compaixão e nos impulsione a abrir as portas e cuidar da humanidade ferida e descartada.

Santa Madre di Dio, mentre stavi sotto la croce, Gesù, vedendo il discepolo accanto a te, ti ha detto: «Ecco tuo figlio» (Gv 19,26): così ti ha affidato ciascuno di noi. Poi al discepolo, a ognuno di noi, ha detto: «Ecco tua madre» (v. 27). Madre, desideriamo adesso accoglierti nella nostra vita e nella nostra storia. In quest’ora l’umanità, sfinita e stravolta, sta sotto la croce con te. E ha bisogno di affidarsi a te, di consacrarsi a Cristo attraverso di te. […]

Accogli questo nostro atto che compiamo con fiducia e amore, fa’ che cessi la guerra, provvedi al mondo la pace. Il sì scaturito dal tuo Cuore aprì le porte della storia al Principe della pace; confidiamo che ancora, per mezzo del tuo Cuore, la pace verrà. A te dunque consacriamo l’avvenire dell’intera famiglia umana, le necessità e le attese dei popoli, le angosce e le speranze del mondo.

Attraverso di te si riversi sulla Terra la divina Misericordia e il dolce battito della pace torni a scandire le nostre giornate. Donna del sì, su cui è disceso lo Spirito Santo, riporta tra noi l’armonia di Dio. (Consacrazione al Cuore Immacolato di Maria, 25 marzo 2022)

Eugenio Ruberto
Eugenio Ruberto
A Palavra de 15 de setembro de 2022
Loading
/

Doe o seu 5x1000 à nossa associação
Não custa nada, vale muito para nós!
Ajude-nos a ajudar pequenos pacientes com câncer
você escreve:93118920615

Artigos Mais Recentes

pecore e capre
21 Aprile 2024
La Parola del 21 aprile 2024
kitten, cat, pet, gattino, gatto
20 de abril de 2024
Il gatto senza gli stivali
pregare il Rosario
20 de abril de 2024
Escolha orar
libro del Vangelo
20 de abril de 2024
A Palavra de 20 de abril de 2024
rana, animale, frog
19 de abril de 2024
O sapo de boca larga

Próximos eventos

×